Área do Assinante Online

  • Sábado, 25 de Outubro de 2014
  • Braço do Norte - SC
03 de Novembro de 2012 - 10:17:50

Polícia

Homem é morto a pedrada em Braço do Norte

Crime na noite de Finados tirou a vida de Cedeni Vanderlinde, o “Tite”. Autores do homicídio foram presos meia-hora após a morte

Em meia hora, polícia prendeu autores de homicídio na noite de sexta-feira, 02 de novembro, em Braço do Norte

A noite de Finados, sexta-feira, 02 de novembro, acabou com um homem morto a pedradas em Braço do Norte. Cedeni Vanderlinde, o “Tite”, morreu por volta das 23 horas, no bairro Floresta, após ser perseguido e golpeado por duas pessoas. O motivo do homicídio seriam desavenças, após Tite esfaquear o primo de um dos acusados de sua morte.

De acordo com a Polícia Civil de Braço do Norte, tudo começou por volta das 22 horas, no Bar do Peroba, quando Tite deu uma facada nas costas de Artur Ambrósio da Cruz. Após a briga, Artur e seu primo, Marco Aurélio da Cruz, o "Sem Pescoço", passaram a perseguir Tite, até que o abordaram em uma estrada de chão a poucos metros dali.

“Ao alcançá-lo, os primos passaram a espancar Tite com chutes até deixá-lo sem reação. Nesse momento eles pegaram uma grande pedra, com cerca de 10 quilos e desferiram golpes contra a cabeça da vítima. Com tamanha brutalidade, ele ficou desfigurado. Pedaços de crânio chegaram ficar espalhados. Uma cena de filme de horror, em plena noite de Finados”, conta um investigador.

Diante dos fatos, as Polícias Civil e Militar foram acionadas por populares, e em conjunto, passaram a procurar os envolvidos no crime. “Com as primeiras informações, descobrimos a identidades dos autores, assimilando que um deles estaria esfaqueado. Seguimos para o Hospital Santa Teresinha (HST) de Braço do Norte, e lá, encontramos os autores”, detalha o investigador.  

Encaminhados a Delegacia de Polícia, ambos foram presos em flagrante pelo delegado José David Machado. “Eles assumiram o crime e alegaram estar sendo ameaçados pela vítima, que era traficante de drogas. Um dos autores disse não estar arrependido e que faria tudo de novo, se caso Tite estivesse vivo”, diz um investigador. Todos os envolvidos tinham diversas passagens pela polícia.

 

 

 


Comentários

Preencha os campos abaixo corretamente e aperte OK.
  • Um valor é requerido.
  • Um valor é requerido.Formato inválido.
  • Um valor é requerido.Um valor é requerido.O valor excedeu o número de caracteres.
  • CAPTCHA Um valor é requerido.
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
  • Av. Felipe Schmidt, 2244 - Piso 2 - Sala 17
  • Centro - CEP 88750-000
  • Braço do Norte - Santa Catarina
  • CNPJ: 04.711.292/0001-21
  • FOLHA O JORNAL
Folha - O Jornal - Todos os direitos reservados © 2012
Siga-nos no Twitter