Área do Assinante Online

  • Sexta-Feira, 31 de Outubro de 2014
  • Braço do Norte - SC
18 de Janeiro de 2013 - 09:29:36

Geral

Preço do fumo ganha reajuste de 7,5%

Após a terceira rodada de negociações, preço do fumo para a safra 2012/2013 foi definido e reajuste no valor do BO1 fica em R$ 8,70

Produtores comemoram a definição do reajuste, porém esperavam mais

 

Após três rodadas de negociações, o preço do tabaco para a safra de 2012/2013 finalmente foi definido. Entre os dias 15 e 16 de janeiro, foram realizadas reuniões individuais pela representação dos fumicultores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná com as empresas fumageiras, das quais resultou a assinatura do protocolo que proporciona garantias ao fumicultor e um reajuste na tabela de preços para a safra. A proposta apresentada e aceita oferecia um reajuste de 7,5%, elevando o valor do BO1 para R$ 8,70 o quilo e R$ 130,50 a arroba.
De acordo com Hilário Boing, coordenador de campo da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) na microrregião de Braço do Norte, o resultado foi positivo. Sendo que todas as empresas concordaram, o que tornou a tabela de preços unificada. “O nosso objetivo era chegar o mais perto possível do que pedimos, que era um reajuste de 8,25% em relação à tabela praticada na safra passada. Com certeza o ideal seria alcançar esse valor, que ficou bem próximo”, declara Hilário.
O coordenador de campo conta que além desse reajuste, as empresas garantem aos fumicultores o pagamento em até quatro dias úteis, seguro total de toda a carga e frete grátis. Para  Hilário, essa é uma forma de garantir segurança ao produtor. “Acredito que esse aumento surpreendeu muitos produtores, que achavam que não conseguiríamos chegar nesse acordo. Ambos os lados saíram satisfeitos com esse reajuste e é um resultado favorável para os fumicultores”, declara Hilário, que acrescenta que o acordo, feito individualmente com cada empresa, também garante a revisão dos valores das subclasses de tabaco e de uma avaliação conjunta do custo de produção.
Para o coordenador, esse ano o reajuste foi melhor do que 2012, no qual contou com um aumento de 4,8%. Hilário lembra que todos os produtores que já entregaram o tabaco receberão uma nota de reajuste e serão reembolsados. “Em 2013 teremos uma produtividade acima do último ano, porém, acredito que a qualidade ficará um pouco abaixo, devido a inúmeros fatores, sendo o principal a temperatura elevada que tivemos nos últimos dias, o que acabou comprometendo a qualidade das ponteiras de fumo”, destaca Hilário. 
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Braço do Norte, Adriano Schurhoff, avalia o reajuste como positivo e lembra que, além do acordo, os agricultores estão contentes com as vendas. “Tomara que esse padrão seja mantido até o final da safra. Além do reajuste favorável, outro ponto positivo é a boa classificação que o fumo está tendo”, comemora Adriano.
 
Produtor afirma que esperava um reajuste maior
 
Na última quarta-feira, 16 de janeiro, os produtores tiveram uma resposta sobre a definição do preço do fumo, sendo que após a terceira rodada de negociação, ficou estabelecido um reajuste de 7,5%. Produtores comemoram esse aumento, porém queriam mais.
De acordo com o fumicultor, Nei Michels Schmuller, de Braço do Norte, era esperado mais, porém, ele vê que todo aumento se torna favorável aos produtores. “Para mim, é pouco esse aumento. Há anos lutamos por um reajuste maior. No entanto, esse ano a safra está melhor. Em relação a isso não posso reclamar, somente comemorar”, destaca o fumicultor.

Comentários

Preencha os campos abaixo corretamente e aperte OK.
  • Um valor é requerido.
  • Um valor é requerido.Formato inválido.
  • Um valor é requerido.Um valor é requerido.O valor excedeu o número de caracteres.
  • CAPTCHA Um valor é requerido.
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
  • Av. Felipe Schmidt, 2244 - Piso 2 - Sala 17
  • Centro - CEP 88750-000
  • Braço do Norte - Santa Catarina
  • CNPJ: 04.711.292/0001-21
  • FOLHA O JORNAL
Folha - O Jornal - Todos os direitos reservados © 2012
Siga-nos no Twitter